publico-adwords publico-face
nov
20
2014

Contar e Viver o Brasil Afro: Tambores do Baque

publicado por: ( acontece amanhã ) - Atualizado: 31/10/2014 16:58

Informações do Evento

Data: quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Horário: A partir das 22:39

Local: Museu Felícia Leirner

Em celebração ao Dia da Consciência Negra (20/11), o Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro realizam o projeto “Contar e Viver o Brasil Afro” voltado para todos os públicos. O projeto Tambores do Baque vai realizar um cortejo de Maracatu com o grupo Baque do Vale – primeiro grupo de maracatu de baque virado do Vale do Paraíba. Após o cortejo, por toda a área externa do Museu vão ser realizadas duas oficinas simultâneas: tambores (ministrada por Flavio Itajubá, mestre do grupo) e dança-afro (ministrada por Adalgiza Américo). Criado em 2004, por integrantes da banda Mulé da Muleta, o grupo conta com aproximadamente 15 integrantes de sexos, idades e raízes variadas. Tem como principal objetivo pesquisar e divulgar o maracatu e outros ritmos afrodescendentes, acreditando na força destes ritmos como ferramenta de inclusão social.

Local: Museu Felícia Leirner – Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão/SP)
Horário: das 15h às 17h30
Informações: (12) 3662-6000
Vagas: para cada oficina, 25 pessoas por ordem de chegada
Entrada: gratuita
Obs: O participante pode optar por contribuir com a doação de mantimentos, que serão encaminhados para a Obra Social Santa Clara.