publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 20 de fevereiro de 2017.

maio
19
2007

38º Festival Inverno de Campos do Jordão homenageia a Mulher

por: - Atualizado: 19/05/2007 23:06
O diretor Artístico do evento, Maestro Roberto Minczuk, recebe Dame Kiri Te Kanawa, Maria João Pires, Jocy de Oliveira, Trio Eroica, Cristina Ortiz, Rosana Lamosa, Alison Balsom e Sônia Rubinsky, mas o Festival traz ainda: Antônio Meneses, London Brass, Jean-Louis Steuerman, Orquestra Acadêmica, OSB e OSESP, e montagem da ópera Rita, de Donizetti, regida por Debora Waldman e dirigida por Carla Camurati.

Festival 2007O diretor Artístico do evento, Maestro Roberto Minczuk, recebe Dame Kiri Te Kanawa, Maria João Pires, Jocy de Oliveira, Trio Eroica, Cristina Ortiz, Rosana Lamosa, Alison Balsom e Sônia Rubinsky, mas o Festival traz ainda: Antônio Meneses, London Brass, Jean-Louis Steuerman, Orquestra Acadêmica, OSB e OSESP, e montagem da ópera Rita, de Donizetti, regida por Debora Waldman e dirigida por Carla Camurati.

Aulas e master classes ministradas por músicos de formações e instituições de renome mundial: Filarmônicas de Nova York, Buffalo, Calgary e Buenos Aires, Ópera de Frankfurt, Conservatórios de Milão, da Nova Inglaterra e da República Tcheca, Universidades de Boston, Iowa, Massachussets e Ottawa, Sinfônicas de Baltimore e Baden-Baden, Royal Philharmonic Orchestra, Halle Orchestra, Royal College of Music, Lyric Chamber Music Society de New York

O Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão – Dr. Luís Arrobas Martins é o maior e mais importante evento de música clássica da América Latina. Em 2007, a 38ª. edição do Festival acontecerá entre 7 e 29 de julho em seis espaços – Auditório Cláudio Santoro, Praça do Capivari, Capela do Palácio Boa Vista, Igreja Sta. Terezinha, Igreja São Benedito e Espaço Cultural Cinema Dr. Além – da belíssima cidade situada a 167 km de São Paulo, um dos pontos turísticos mais concorridos da estação no país.

O concerto de encerramento será realizado na Sala São Paulo, em 29 de julho, com a Orquestra Acadêmica do Festival, formada pelos bolsistas, regida diretor artístico do Festival Roberto Minczuk.

O Festival é uma realização do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Estado da Cultura, com produção do Centro Tom Jobim.

O Festival em 2007 homenageia a Mulher, inspiradora dos maiores criadores de todos os tempos, através das intérpretes e compositoras de extraordinária qualidade que se apresentarão em Campos do Jordão: a soprano Dame Kiri Te Kanawa, as pianistas Maria João Pires e Cristina Ortiz, as cordas do Trio Eroica, a trompetista Alison Balsom, as sopranos Rosana Lamosa e Gabriela Geluda, além de Jocy de Oliveira, que será a compositora residente deste ano, entre outras.

A montagem da ópera Rita, de Gaetano Donizetti, será regida pela paulistana Debora Waldman e terá a direção cênica de Carla Camurati, atriz e diretora que acumula grande experiência em teatro, cinema e televisão, já tendo dirigido a Carmen, de Bizet, Madame Butterfly, de Puccini e o filme La Serva Padrona, baseado na ópera bufa de Pergolesi. Debora Waldman estudou na Argentina, Israel e no Conservatório Nacional Superior de Música de Paris; é assistente do maestro Kurt Masur na Orquestra Nacional da França.

Estarão ainda em Campos do Jordão artistas do porte de Antônio Meneses, London Brass, Jean-Louis Steuerman, a OSB, a Orquestra Acadêmica do Festival, a OSESP, a Orquestra Sinfônica Municipal, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, dentre outras.

Este ano, assim como acontece desde 2004, os bolsistas formarão a Orquestra Acadêmica que tocará e gravará um cd sob a regência do Maestro Roberto Minczuk, Diretor Artístico do Festival. Nos últimos anos, com o Prêmio Tim de Melhor CD Clássico em 2006 e o Prêmio Carlos Gomes na categoria Melhor Orquestra em 2005, a Orquestra Acadêmica formada pelos artistas do Festival (professores e alunos) é sinônimo de qualidade e de aprendizado de alto nível.

Serão homenageadas in memorian três grandes personalidades da música brasileira: a pianista e compositora Chiquinha Gonzaga (1847-1935), a pianista Guiomar Novaes (1894-1979) e a soprano Bidu Sayão (1902-1999).

No Festival serão executadas as obras de diversas compositoras, além de Jocy de Oliveira, haverá obras de brasileiras como Marisa Rezende, Ester Scliar e Silvia de Lucca; e de Clara (mulher de Robert) Schumann; Fanny (irmã de Felix) Mendelssohn Hensel, Amy Beach, Rebecca Clarke, Joan Tower, Galina Ustwolskaja, Ruth Crawford, Louise Ferrenc, entre outras.

Ao todo, serão 48 espetáculos em 23 dias. Grande parte deles com preços populares e muitos gratuitos na Praça do Capivari, nas Igrejas Sta. Terezinha e São Benedito.

A capa do programa do Festival é uma reprodução de uma gravura, de 1999, sem título, da artista plástico Tomie Ohtake.

Festival de Campos do Jordão, a melhor Escola de Música do Brasil – Para Roberto Minczuk, “aprofundando ainda mais o foco na formação de jovens de grande talento, ilustres músicos internacionais compõe o corpo de artistas residentes, dando aulas e master classes para os talentosos bolsistas, que passam por um rígido processo de seleção, a exemplo do que acontece nos principais festivais dos Estados Unidos, Europa, Canadá e Japão.”

A relação de artistas-professores residentes que estarão em Campos do Jordão este ano: Maria João Pires, Cristina Ortiz, Linda Bustani, Erika Nickrenz, Jean-Louis Steuerman, Richard Bishop e Ricardo Ballestero (piano), Mauro Loguercio, Susie Park, Michel Bessler, Daniel Guedes e Elisa Fukuda (violino); Michelle LaCourse, Esther Apituley e Renato Bandel (viola); Antônio Meneses, Alceu Reis, Jed Baharal, Dennis Parker e Sara Sant’Ambrogio (violoncelo); Alison Balsom, Andrew Balio, Andrew Crowley e Gareth Small (trompete); Luiz Garcia, Fernando Chiappero e Martin Owen (trompa); Don Harry e Oren Marshall (tuba); Benjamin Coelho e Fábio Cury (fagote); Jonathan Cohler e Cristiano Alves (clarinete); Eduardo Leandro e Rodrigo Foti (percussão), Washington Barella (oboé); Rosana Lamosa e Fernando Portari (canto lírico), Jocy de Oliveira (composição) e Roberto Minczuk (regência), entre muitos outros.

Para o Maestro Roberto Minczuk, “a diversidade cultural aliada a um intenso programa de trabalho e aulas, dão aos bolsistas do Festival de Inverno de Campos do Jordão uma experiência sem paralelo na formação acadêmica”.

Pela primeira vez, o Festival teve audições para jovens músicos nos Estados Unidos – no prestigioso New England Conservatory em Boston; na Fundação das Orquestras Infantis e Juvenis da Venezuela em Caracas, na Venezuela – país que tem um dos melhores projetos internacionais de formação de jovens músicos, com cerca de 450 mil estudantes. As demais cidades das audições foram São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Buenos Aires, Santiago do Chile e San José de Costa Rica. Também foram selecionados bolsistas através de gravações.

Aos melhores alunos serão concedidas três bolsas: o Prêmio Eleazar de Carvalho (somente para alunos brasileiros), uma para o Festival de Schloss Pommersfelden na Alemanha e outra para o Festival de Attergau na Áustria.

O Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão 2007 tem o patrocínio de Bradesco Prime e Sabesp. Apoio Cultural: Grande Hotel, Senac, Restaurante La Casserole. Apoio Institucional: Ministério da Cultura, Ministério das Relações Exteriores, Consulado Geral dos Estados Unidos, Universidad de Costa Rica, New England Conservatory, Fundación de Orquestras Juveniles e Infantiles de Chile, Prefeitura de Campos do Jordão, TV e Rádio Cultura.

Produção do Centro Tom Jobim, Associação dos Amigos do Centro Tom Jobim, Organização Social da Cultura. Uma realização do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Estado da Cultura.

Ingressos à venda: Os ingressos para os concertos do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão estão à venda nos seguintes locais: Sala São Paulo – Praça Júlio Prestes, s/n. Telefone.: (11) 3337-5414. Horário da bilheteria: de segunda a sexta, das 10h às 18h, sábados, das 10h às 16h. Além dos eventos em que é cobrado o ingresso, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão 2007 tem uma série de espetáculos gratuitos em igrejas e praça da cidade.

O Festival tem a Direção Artística de Roberto Minczuk | Coordenação Geral – Clodoaldo Medina Coordenação Pedagógica – Arcadio Minczuk | Coordenação Administrativa – José Ronaldo da Silva Coordenação de Produção -Luís Avelima | Associação dos Amigos do Centro Tom Jobim – Hermes Jacchieri | Direção de Produção Executiva – Ana Helena Lefrève | Assessoria da Direção Artística – Viviana Morilla