publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 19 de novembro de 2017.

abr
10
2006

Campos espera receber 37 mil turistas durante o feriado de Páscoa

por: - Atualizado: 10/04/2006 11:26
Campos do Jordão, que tem cerca de 50 mil habitantes, já se prepara para receber aproximadamente 37 mil turistas do país inteiro para o feriado de Páscoa. A alta temporada só começa em junho, mas no feriado da Semana Santa a cidade começa a sair da rotina

Campos do Jordão, que tem cerca de 50 mil habitantes, já se prepara para receber aproximadamente 37 mil turistas do país inteiro para o feriado de Páscoa. A alta temporada só começa em junho, mas no feriado da Semana Santa a cidade começa a sair da rotina.

O secretário de Turismo, Flávio Ventura, disse que a expectativa para esta Páscoa é que 70% dos hotéis e pousadas e 90% das casas de veraneio sejam ocupadas. No total, 8.000 leitos de hotéis e pousadas e 7.000 casas de veraneio estão à disposição dos turistas.

Além do acúmulo de feriados –Semana Santa, Tiradentes e Dia do Trabalho– a queda de temperatura precoce em relação ao ano passado deve ajudar.

A mudança do clima também antecipa para a Semana Santa a abertura do Centro de Lazer Tarundu, com sua pista de patinação disponível no feriado de Páscoa. Só para o dia da inauguração, na sexta-feira dia 14 de abril, a pista Ice Arena deve receber cerca de 750 pessoas. O preço da diversão é R$ 30 por meia-hora.

Para o vice-presidente da Asstur (Associação de Hotelaria e Gastronomia de Campos do Jordão), Paulo César da Costa, a lotação nos hotéis pode chegar a 100%, como aconteceu em 2005.

GASTRONOMIA – Outro aposta da cidade para aumentar o movimento é o Festival Gastronômico de Campos, que pretende manter os turistas por mais tempo na cidade. O evento de 20 de abril a 28 de maio.

Também para quem vai curtir a cidade somente no feriado, a prefeitura e Associação Comercial fizeram uma programação especial.

Aproximadamente R$ 40 mil serão investidos com recursos do Coget (Comissão Gestora de Eventos Temporários) em eventos e decoração nesta Páscoa em Campos. A informação é da presidente da Associação Comercial, Engracia Maria de Jesus De Bellis.

Engracia disse que este fundo é resultado da arrecadação feita no ano passado pelas empresas que se instalaram durante a temporada de inverno na cidade. “Esta arrecadação acontece para que possamos garantir novas atrações não só no período da alta temporada, mas em todas as épocas do ano”, disse.

CLIMA – “Estamos sentindo o frio chegar mais cedo, a temperatura média já varia entre 9ª e 10ªC. Mais baixa no ano passado. Isso vai beneficiar diretamente a rede hoteleira, restaurantes, malharias e principalmente, as fábricas de chocolate.”

Vera Agenor, gerente do restaurante Baden Baden, disse que a Páscoa costuma ser muito boa e a expe=ctativa para este ano não será diferente. Ela também espera que o movimento seja mantido nos próximos dois feriados.

Para atender a grande demanda desta época do ano, a empresária Josefa Clemente, proprietária da Malharia Ivilan, já está ampliando a produção. Sua equipe de funcionários está trabalhando em ritmo acelerado, levando trabalho para casa inclusive aos finais de semana. “A Páscoa é uma prévia da temporada, por isso estamos a todo vapor”, afirmou.