publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 25 de setembro de 2017.

jun
30
2007

Cidade ganha borboletário no caminho do Horto Florestal

por: - Atualizado: 30/06/2007 12:45
Inaugurou esta semana em Campos do Jordão o borboletário "Flores que voam", uma estufa de 500 metros quadrados onde os visitantes, por meio de uma trilha, podem conhecer 35 espécies de borboletas.

Imagem IlustrativaInaugurou esta semana em Campos do Jordão o borboletário “Flores que voam”, uma estufa de 500 metros quadrados onde os visitantes, por meio de uma trilha, podem conhecer 35 espécies de borboletas.

Com objetivo turístico e de educação ambiental, o borboletário fica na estrada que vai para o Horto Florestal, no km 10, e promete ser uma das mais novas sensações da cidade.

Segundo a proprietária, Sandra Gatto, havia dois anos que uma equipe de biólogos estudava a melhor forma e estrutura para viabilizar o projeto. “Fizemos o levantamento das borboletas e estudamos qual era a estrutura física mais apropriada”, afirmou.

A empresária disse que uma das principais causas que a levou a implantar o local é que a borboleta é um inseto extremamente importante para o meio ambiente porque é o início da cadeia alimentar.

Uma música de fundo com som de pássaros, cachoeira, grilo e cigarras, complementa o clima de natureza do ambiente. No passeio, adultos pagam R$ 15 e crianças e idosos, R$ 10. O borboletário vai funcionar todos os dias durante a temporada de inverno.

“As borboletas são os maiores indicadores ambientais que existem. Por meio dela, sabemos se um local está degradado ou não. Existem cerca de 3.000 espécies no Brasil, cerca de 25 entraram em extinção”, afirmou a bióloga responsável pelo borboletário, Cynira Any Jovilhana da Silva.

Mais informações
(12) 3663-6444