publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 19 de agosto de 2017.

set
03
2008

Congresso Internacional de Turismo aconteceu em Campos

por: - Atualizado: 03/09/2008 16:29
2º Congresso Internacional de Gastronomia - Hospitalidade e Turismo aconteceu em Campos do Jordão dia 2 de setembro de 2008

2º Cihat Campos do JordãoA exemplo do Cihat que aconteceu em março em São Paulo envolvendo 55 países, o Sinhores e o Sistema  CNtur – Abresi,  promoveram ontem, 2 de setembro, o 2º Congresso Internacional de Gastronomia – Hospitalidade e Turismo.

O evento reuniu mais de 90 empresários e representantes de associações da região que atuam no ramo turístico, como proprietários de hotéis, pousadas e restaurantes no Hotel Leão da Montanha, em Campos do Jordão.

Os participantes tiveram a oportunidade de reciclar informações e aprender novos conceitos ligados ao turismo. Foram apresentadas ainda as novidades sobre os direitos do consumidor e sobre a responsabilidade ambiental nos empreendimentos turísticos.

Os outros temas do Congresso estavam ligados a gastronomia brasileira e regional, e também as aplicações das leis trabalhistas na mão de obra turística. Dentre os palestrantes estavam profissionais conceituados que atuam nos segmentos de turismo, gastronomia e direito.

Paulo de Tarso MoreiraO Delegado Regional do Turismo, Paulo de Tarso Moreira, que apresentou a palestra “Responsabilidade Ambiental e Sustentabilidade Social em Empreendimentos Turísticos”, falou à NetCampos, onde reforçou a importância do Circuito da Mantiqueira, idéia que foi criada em 1998 pelo então governador de São Paulo Mário Covas.

Segundo Paulo de Tarso o projeto – que tem gestão do Campos do Jordão e Região Convention e Visitors Bureau – trabalha com o conceito de regionalização do turismo e desperta a necessidade do trabalho em conjunto entre as prefeituras e empresas privadas.

 
 
Nelson de Abreu PintoO Presidente do Sistema CNtur-Abresi (Confederação Nacional do Turismo- Associação Brasileira de Gastronomia, Hospedagem e Turismo) Nelson de Abreu Pinto – em entrevista à NetCampos –  também reforçou a necessidade da conscientização regional do turismo, afirmando Campos do Jordão como a Capital do Circuito da Mantiqueira, e também como a cidade que será mais beneficiada com o projeto.

O Sistema CNtur-Abresi integra 120 entidades Sindicais e Civis do setor de Turismo, Hospitalidade e Gastronomia no Brasil, representando 2 milhões de empresas que geram mais de 10 milhões de empregos diretos.

Em comparação com as Serras Gaúchas, a idéia é que o Circuito da Mantiqueira se torne alvo do turismo nacional e mundial, através de Agentes e Operadoras, afirma Nelson de Abreu. Pois assim será possível que o turista permaneça pelo menos três dias percorrendo um roteiro, conhecendo várias cidades com identidade turística semelhante, mas com atrativos diferentes. O conceito seria de que o visitante viaje para a Mantiqueira conhecendo várias cidades que a compõem, assim como viaja para as Serras Gaúchas, ou para Europa.

“Preço justo e bons serviços”  é do que o destino precisa ter, segundo o Presidente do Sistema CNtur-Abresi, falando da importância do 2ºCihat para a qualificação gerencial dos empresários envolvidos com o turismo.

Sobre o turismo a nível nacional, Abreu, que estará em Brasília articulando sobre modificações na chamada Lei Seca e na Lei de consumo de cigarro em restaurantes e bares, disse que o mercado turístico interno explora somente 30 milhões das vagas, onde tem disponibilidade de 100 milhões. E que o Sistema CNtur-Abresi trabalha pela implantação do “Turismo para Todos”, um projeto ousado que tem como objetivo a redução de até 50% dos custos de gestão e infra-estrutura do turismo, o que estimularia o segmento como um todo.

Ricardo Restani RochaO Presidente do Sinhores (Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares) de São José dos Campos, Ricardo Restani Rocha, comentou a importância da mudança do grupo de restaurantes Cozinha na Montanha para a sede Sinhores em Campos do Jordão. E que em parceria com o Sebrae, pretende criar cursos de capacitação e projetos de sensibilização da sociedade, para aprimorar o turismo local. Com sede em São José dos Campos, o Sindicato agrega 5 mil empresas em 19 cidades da região.

Restani lembrou ainda a presença da entidade nas cidades de Jacareí, Taubaté, Campos do Jordão, e agora também conta com nova Sede em São Bento do Sapucaí, aumentando proximidade com os empresários. Sobre o evento, Ricardo afirmou  que o 2º Cihat foi um grande evento para o Sinhores e para os empresários, contando com a presença de importantes convidados.