publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 27 de fevereiro de 2017.

ago
24
2007

Diretor Gerente do FMI participa do 3º Congresso BM&F

por: - Atualizado: 24/08/2007 17:24
A abertura do evento aconteceu nesta quarta-feira, no Auditório Cláudio Santoro, com presenças de Henrique de Campos Meirelles - presidente do Banco Central do Brasil; Rodrigo de Rato y Figaredo - Diretor Gerente do FMI; Manoel Felix Cintra Neto - Presidente do Conselho de Administração da BM&F; João Paulo Ismael - Prefeito de Campos do Jordão dentre outras autoridades.

Rodrigo de Rato y FigaredoO 3º Congresso Internacional de Derivativos e Mercado Financeiro, que acontece de 22 a 25 de agosto em Campos do Jordão traz assuntos do mercado mundial à serra paulista.

A abertura do evento aconteceu nesta quarta-feira, no Auditório Cláudio Santoro, com presenças de Henrique de Campos Meirelles – presidente do Banco Central do Brasil; Rodrigo de Rato y Figaredo – Diretor Gerente do FMI; Manoel Felix Cintra Neto – Presidente do Conselho de Administração da BMF; João Paulo Ismael – Prefeito de Campos do Jordão dentre outras autoridades.

Cintra Neto abriu o Congresso saudando os congressistas que se reuniram para discutir assuntos econômicos, justamente neste momento de turbulência que vive o mundo. Lembrou ainda da importância de discutir o quanto os países emergentes pagam pela crise imobiliária, o que dá valores econômicos éticos e morais ao evento.

Nesta noite de gala, Rodrigo de Rato afirmou que o FMI já havia alertado sobre uma possível crise no mercado, que poderia surtir em perigo para as bolsas, mas que isso faz parte de um processo natural. Além de citar importante avanço na economia de alguns países da América Latina, como o Chile e o Brasil.

A economia brasileira está em teste diante da crise, afirmou Meirelles, que salientou ainda a soldificação do mercado nacional, com a estabilização da moeda e menor dívida externa, fazendo o Brasil seguir no caminho certo.

A noite terminou com o talento incontestável da cantora e compositora Marisa Monte, que encantou a todos com uma montagem sensacional e um balanço bem brasileiro, que contagiou os congressistas em Campos do Jordão.