publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 23 de fevereiro de 2017.

mar
10
2007

Exposição revela A Expressão da Mulher na Arte

por: - Atualizado: 10/03/2007 21:26
No mês em que homenageamos as mulheres, uma exposição muito especial acontece no Hotel Frontenac. Sob a curadoria de Layla Fiusa, o hotel recebe a exposição "A expressão da mulher na arte". O evento mostra a criatividade e o talento artístico feminino ressaltando sua mais sublime manifestação da alma.

No mês em que homenageamos as mulheres, uma exposição muito especial acontece no Hotel Frontenac. Sob a curadoria de Layla Fiusa, o hotel recebe a exposição “A expressão da mulher na arte”. O evento mostra a criatividade e o talento artístico feminino ressaltando sua mais sublime manifestação da alma.

Até o dia 31 de março a exposição mostra obras de artistas da região, todas mulheres, que participam de um evento que valoriza a produção artística de alto nível realizada no local. Uma manifestação onde a arte e a antropologia de Campos do Jordão se confundem mesmo em épocas distintas e campos específicos – segundo a curadora – evidenciando os privilégios que somente Campos oferece, como sua beleza natural, sua arquitetura e charme europeus, a gastronomia e sobre tudo sua inspiração na arte.

Os visitantes poderão apreciar um ponto de vista que envolve o universo feminino, com suas nuances e suas conquistas feitas através da historia, além de sua posição legítima encontrada no meio artístico.

Uma exposição que tem a liberdade de usar técnicas variadas que passam pela fotografia, óleo sobre tela, pastel sobre papel, acrílico, elementos florais, e técnica mista. Onde as artistas demonstram sua capacidade de criar obras que explicitam um fértil diálogo entre “matéria e forma, ação e pensamento”.

Ninguém melhor que a curadora Layla Fiusa para fazer uma análise dos resultados obtidos pelas artistas e exibidos nesta merecida homenagem a delicadeza feminina:
“Bernadete Lima, com seus trabalhos oníricos trata a técnica do pastel com leveza mas com traços marcantes. Cléia Paiva, traduz a genialidade bela das orquídeas em suas telas exuberantes. Dora Santoro, faz de seus elementos florais, seres vivos e tridimensionais como esculturas vivas. Darcy Assaf, trata o óleo com densidade, substância. Juliana Cintra, fotografa com alma feminina o colorido das perdas do outono. Margarida Tomásia, em outra versão, com técnica mista, trata o tema outonal em graciosas nuances e colorido fiel, ela se revela poetiza quando define seu trabalho: Arte é…criar, compor, dar recriar, decompor e receber;é fazer, refazer, acertar e sonhar…;é mostrar ao mundo exterior tudo o que nos move…É dar nós nos pensamentos. E mesmo assim continuar na busca. Maria José Avila, desenha como vê, e traduz ao mesmo tempo a magia deste olhar feminino. Sylvia Strass usa o cotidiano, os recondidos da natureza, como expressão da alma. Vera Lucia Faria, também traduz os recantos, o escondido da força feminina através das imagens pintadas da natureza, a resistência e a força daquilo que parece frágil. Maria Helena Berings, usa o giz pastel como um contador de tempo… relatando-nos nestes três momentos da existência da mulher sua magnitude na expressão do olhar, sua clareza em ver o mundo, mulheres cujas mãos e a expressão facial,compõem um amplo repertório de gestos, admitindo uma forma de comunicação corpórea, não verbal. Yara Cerqueira, é aberta às tempestades e tempestuosidades da vida…. ela diz: “Crio…exponho…existo!” , seu trabalho exprime esta personalidade marcante e atuante, se ve a clara ligação entre a arte e a morfologia social.”
A exposição “A expressão da Mulher na Arte” acontece no Hotel Frontenac, na Vila Capivari, até o dia 30 de março.
Mais informações:
(12) 3664 5668
(12) 3662 6010