publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 28 de fevereiro de 2017.

ago
02
2005

Festivais vão atrair turista a Campos em Agosto e Setembro

por: - Atualizado: 02/08/2005 00:00
Prefeitura e hoteleiros programam eventos para manter movimento durante baixa temporada Congressos e festivais são as apostas da Prefeitura de Campos do Jordão e entidades para manter o movimento turístico na cidade durante os meses de agosto e setembro. O … Continua

Prefeitura e hoteleiros programam eventos para manter movimento durante baixa temporada

Congressos e festivais são as apostas da Prefeitura de Campos do Jordão e entidades para manter o movimento turístico na cidade durante os meses de agosto e setembro.

O calendário de agosto e início de setembro já foi fechado pela Secretaria de Turismo, com a realização de três congressos que deverão trazer cerca de 9.000 pessoas à cidade durante a baixa temporada.

Paralelamente, a Asstur (Associação de Gastronomia e Hotelaria) de Campos promoverá durante o mês, em parceria com a prefeitura, dois festivais. Promoções para hospedagem durante os dias da semana e pacotes com preços reduzidos são outros atrativos oferecidos para o mês.

Durante a temporada de inverno em julho, a prefeitura estimou o movimento turístico na cidade aos finais de semana em torno de 30 mil pessoas.

Muita gente que não gosta do movimento durante a temporada de inverno vem para Campos do Jordão em agosto, buscando o glamour da cidade e preços mais acessíveis“, disse o secretário de Turismo, Flávio Ventura.

Segundo Ventura, os congressos conseguem ser uma alternativa atraente pela quantidade de público e a ocupação hoteleira durante a semana. “Além dos congressistas, também temos as empresas participantes, organizadores e mesmo familiares. Estas pessoas ficam hospedadas nos hotéis, gastam com alimentação e compram no comércio da cidade.”

O secretário afirmou que, nesta época, também estão programadas diversas excursões da terceira idade.

SUPORTE – A presidente da Asstur, Adriana Oliveira, disse que os eventos programados acabam sendo um suporte para a manutenção do fluxo turístico na cidade. “Não conseguimos manter o fluxo de julho, mas os congressos e festivais já ajudam bastante.”

Segundo Adriana, os proprietários dos estabelecimentos hoteleiros entram em um consenso durante esta época para reduzir as tarifas e estimular a visitação. “Pode haver vida na cidade durante a semana. Os hotéis e restaurantes ficam abertos. Com as promoções, conseguimos atrair um público que gosta de Campos, mas prefere vir para cá em períodos mais calmos.”

Como exemplo de promoção, Adriana citou uma diária para um quarto de casal, cujo preço na temporada é de R$ 330 e cai para R$ 90 nos dias da semana e para R$ 200 aos sábados e domingos.

Segundo avaliação da Asstur, a ocupação dos hotéis e pousadas da cidade na temporada deste ano em comparação ao ano passado foi 30% superior. Campos do Jordão possui hoje cerca de 8.700 leitos e 5.700 residências de veraneio.