publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 29 de abril de 2017.

mar
10
2005

Haras Polana Promove Leilão Internacional durante a Páscoa

por: - Atualizado: 10/03/2005 00:00
Cavalos Holandeses e Poloneses irão Aperfeiçoar Linhagem Brasileira Num convênio inédito, um dos maiores criadores de cavalos para esporte do mundo, o holandês VDL SportHorses, irá leiloar doze dos seus animais no Brasil. Será durante o Concurso Hípico do Haras … Continua

Cavalos Holandeses e Poloneses irão Aperfeiçoar Linhagem Brasileira

Num convênio inédito, um dos maiores criadores de cavalos para esporte do mundo, o holandês VDL SportHorses, irá leiloar doze dos seus animais no Brasil. Será durante o Concurso Hípico do Haras Polana, do empresário do mercado financeiro Paulo Bilyk, que acontece dia 26 de março, em Campos do Jordão. O Haras Polana é especializado na criação de cavalos árabes poloneses e estará leiloando tambémtrês animais especialíssimos, que descendem de um dos mais destacados garanhões da Polônia, o Pamir.

O VDL teve seis cavalos seus competindo nas Olimpíadas de Atenas, dois deles garantiram à Suécia o terceiro lugar em salto em equipe. Nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, os VDL conquistou duas medalhas de ouro em provas de salto. Os animais que estão no Brasil para o leilão são filhos diretos de Good Time, Indoctro, Corland, Chin Chin, Quite Easy e Emilion – alguns dos mais reconhecidos reprodutores de cavalos de esporte do mundo – e que por sua vez descendem de Nimmerdor, Cor de la Bryere, Constant, Jalisco e Wellington, reconhecidos como excelentes fontes genéticas de cavalos de alta performance.

“Acreditamos que um dos maiores benefícios que a criação de cavalos brasileiro de hipismo poderia ter é uma injeção de qualidade genética como essa. O país tem ótimos cavalos, mas para se criar um bom cavalo de linhagem de pai e mãe pode-se levar gerações”, afirma o cavaleiro Caio Sérgio de Carvalho, que já representou o país em várias olimpíadas.

Para a montagem do concurso hípico e do leilão serão investidos US$ 50 mil em infra-estrutura, organização, aparelhagem de som, restaurantes, lojas etc. Tudo está sendo pensado nos mínimos detalhes. O catálogo do evento foi produzido nos Estados Unidos, pela revista especializada Arabian Horse World. São esperadas de 300 a 400 pessoas por dia, entre competidores, expectadores e possíveis compradores.

Sobre o Haras Polana

Hoje o Polana é especializado na produção de cavalos para esporte: árabes poloneses, cruzas árabes e brasileiro de hipismo. São cavalos de alta-performance, especiais para esportistas de salto ou enduro, e que chegam a ser vendidos por US$ 50 mil dólares, aos quatro anos de idade. Mais velhos, dependendo dos títulos e conquistas, um animal desta estirpe pode chegar a valer US$ 500 mil. “Uma excelente rentabilidade”, diz ele.

Agora em 2004, Paulo inaugurou o Centro Hípico do Haras Polana, um dos mais modernos centros de equitação do país. As pistas de salto foram desenhadas pelo escritório francês Toubin et Clément, o mesmo responsável pelas pistas de salto das Olimpíadas de Sidney. Implantou ainda uma inovação: o controle de dados dos cavalos é feito por um moderníssimo sistema de comunicação wireless, que funciona através de uma rede local, que cobre toda a extensão da propriedade e permite que cada um funcionário receba e envie informações em tempo real, usando um PDA (palm-top) individual.

Mais Informações no site:

http://www.polana.com.br/