publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 26 de julho de 2017.

mar
29
2006

III Concurso Hípico e II Leilão de Cavalos Holandeses no Haras Polana

por: - Atualizado: 29/03/2006 15:06
Entre os dias 14 e 16 de abril o Haras Polana, em Campos do Jordão, vai promover o III Concurso Hípico Polana que, a partir deste ano, fará parte do calendário Hípico Nacional e contará pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Hipismo. No sábado, 15, em parceria com a VDL SportHorses, um dos maiores criadores de garanhões da Holanda, o Haras Polana vai realizar o II Leilão de Cavalos Holandeses de alta performance. O Polana é especializado na criação de cavalos árabes poloneses e vai leiloar também dois animais descendentes de Renoir el Jamaal e Wojslaw, esse último, um dos maiores garanhões vivos na Polonia.

Cavalos de alta performance irão aperfeiçoar linhagem brasileira

Entre os dias 14 e 16 de abril o Haras Polana, em Campos do Jordão, vai promover o III Concurso Hípico Polana que, a partir deste ano, fará parte do calendário Hípico Nacional e contará pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Hipismo. No sábado, 15, em parceria com a VDL SportHorses, um dos maiores criadores de garanhões da Holanda, o Haras Polana vai realizar o II Leilão de Cavalos Holandeses de alta performance. O Polana é especializado na criação de cavalos árabes poloneses e vai leiloar também dois animais descendentes de Renoir el Jamaal e Wojslaw, esse último, um dos maiores garanhões vivos na Polonia.

Foram investidos cerca de R$ 250 mil na montagem do concurso hípico e do leilão. Paulo Bilyk, sócio do Haras, lembra que a compra de um cavalo com essa qualidade genética pode ser um ótimo investimento. “Um potro avaliado em US$ 50 mil aos 3 ou 4 anos, se virar um campeão ou chegar a competir numa olimpíada, com 8 ou 9 anos de idade, pode chegara valer US$ 1 milhão, diz ele.

O VDL teve seis cavalos seus competindo nas Olimpíadas de Atenas, dois deles garantiram à Suécia o terceiro lugar em salto em equipe. Nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, os VDL conquistaram duas medalhas de ouro em provas de salto. Os animais que estão no Brasil para o leilão são filhos diretos de alguns dos mais reconhecidos reprodutores de cavalos de esporte do mundo e que por sua vez descendem de animais reconhecidos como excelentes fontes genéticas de cavalos de alta performance.

“Acreditamos que o maior benefício do leilão em parceria com o VDL é a injeção de qualidade genética na linhagem brasileira. O Brasil tem ótimos cavalos, mas para se criar uma boa linhagem de pai e mãe demora-se 5 gerações”, afirma cavaleiro Caio Carvalho, que já representou o país em inúmeras olimpíadas. Os animais leiloados são vendidos aclimatados, nacionalizados e com todos os papéis em ordem. Eles estão no Brasil desde dezembro do ano passado.

Parceria Polana e VDL

Esta é a segunda parceria do Haras Polana com o VDL SportHorses. Na primeira edição, ano passado, foram leiloados doze cavalos holandeses de alta performance O valor total das vendas dos animais foi de R$ 1.032.050 e o cavalo vendido pelo maior valor foi Uptown Boy VDL, por R$ 118.700. A média do valor pago pelos cavalos de salto foi de 78.523 reais e a dos cavalos árabes foi de 5.625 reais.

Para o evento deste ano, são esperadas 500 a 700 pessoas por dia entre criadores e os melhores cavaleiros brasileiros, que competirão nas categorias Mirins, Juvenis, Juniores, Seniores e Amadores. Durante as provas, acontecerão shows do Pônei Club Polana, em que crianças de até 12 anos disputarão provas de salto e corrida com obstáculos. O evento conta com o patrocínio da fabricante de automóveis Toyota, Seguradora Brasileira Rural, Cervejaria Baden Baden, Hipos, fornecedora de materiais hípicos, Protecnica, especializada em produtos veterinários, ração Royal Horse, e Helisolutions, administradora de frotas de helicópteros de propriedade compartilhada.

A pista de salto principal, idealizada pelo francês Toubin et Clement, o mesmo responsável pelas pista de salto das Olimpíadas de Sidney, foi totalmente reformulada para propiciar o melhor desempenho aos cavalos.

O Centro Hípico Polana conta com toda a infra-estrutura para receber o público, como restaurantes, lojas, arquibancadas, além de cocheiras pré montadas para receber cerca de 110 animais. O Polana fica próximo ao moderno empreendimento hoteleiro Botanique de Ricardo Semler e outros empresários, que está previsto para ser inaugurado em 2007, e do Empório dos Melos, restaurante coordenado pelo chef francês Laurent Suaudeau, que também será o responsável pelo almoço de Páscoa, no domingo.

II Concurso Hípico Polana

O II Concurso Hípico Polana, realizado entre os dias 25 a 27 de março do ano passado, contou com a participação de 105 cavaleiros e amazonas. O primeiro lugar no concurso hípico ficou com o cavaleiro Eric Zorzetto, que montou Olimpia, do Haras Montecristo, de Sorocaba. Os vice-campeões foram César Almeida e o cavalo Stephen. Karina Johannpeter terminou em terceiro lugar geral, montando Singular Joter. Houve provas em quatro alturas – 1 metro, 1,10m, 1,20m e 1,30m -, cada uma delas divida em três categorias.

Haras Polana
Especializado na criação de cavalos árabes poloneses, o Haras Polana, em Campos do Jordão, tem como objetivo a produção de animais de primeira qualidade, voltados a satisfazer um público disposto a conquistar resultados de altíssima performance. Para tanto, os sócios não pouparam nos investimentos e viajaram pela Polônia, França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos, reunindo idéias para implantar no haras. Tudo aqui é de padrão internacional.

Espalhado numa fazenda de 80 alqueires, o Haras Polana possui um dos mais sofisticados centros hípicos do Brasil. Todo fim de semana, o Polana promove aulas de salto e adestramento com instrutores trazidos de São Paulo. Também realiza clínicas de hipismo com renomados cavaleiros brasileiros e estrangeiros.

A região onde está localizado o Polana é belíssima. Mais de 50% dos 80 alqueires do haras, localizado entre Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí, é área de preservação permanente e está em processo de reflorestamento com árvores nativas. As construções e as instalações do Haras Polana foram realizadas priorizando a natureza e o bem estar dos cavalos.

Inovação – O Polana instalou uma moderníssima rede de comunicação wireless, através de uma antena colocada no centro da propriedade. O sistema permite que todos os ginetes, tratadores e veterinários registrem suas atividades usando palm-tops, que ficam conectados online, transmitindo a informação ao servidor central do Haras. Toda e qualquer informação sobre qualquer um dos cavalos é transmitida instantaneamente a todos, o que agiliza muito fluxo operacional do haras. Este sistema foi desenvolvido especificamente para o haras pela empresa de tecnologia Compera, de Campinas.