publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 24 de janeiro de 2017.

jul
25
2005

Nanda Alves conquista o bi da Credicard Mastercard Tennis Cup

por: - Atualizado: 25/07/2005 00:00
Com sua conhecida raça e determinação, a tenista número 1 do Brasil, Maria Fernanda Alves, superou a boa técnica e o talento da argentina Maria José Argeri, por 6/3 e 7/5, e conquistou o bicampeonato da Credicard Mastercard Tennis Cup. … Continua

Com sua conhecida raça e determinação, a tenista número 1 do Brasil, Maria Fernanda Alves, superou a boa técnica e o talento da argentina Maria José Argeri, por 6/3 e 7/5, e conquistou o bicampeonato da Credicard Mastercard Tennis Cup. A final foi emocionante, equilibrada e exigiu muito da brasileira, que lutou em todos os momentos para garantir o prêmio de US$ 3 mil e somar 25 pontos para o ranking da WTA.

Este é o lugar onde consigo jogar o meu melhor tênis“, enfatizou Nanda Alves, que já ganhou dois títulos da Credicard Mastercard e ficou com outros dois vice-campeonatos. “Gosto muito dessa atmosfera, do clima da torcida também e isso foi muito importante para crescer nos momentos importantes e definir essa vitória.”

O bicampeonato de Nanda Alves não foi nada fácil. Desde as quartas-de-final foi muito exigida. Não estava jogando num bom nível, mas com uma boa tática conseguiu se superar. Na partida decisiva, a história se repetiu. Diante de uma jogadora de refinada técnica, como Argeri, a tenista número 1 do Brasil precisou de uma boa estratégia, ora atacando, ora buscando bolas altas, para vencer os pontos, sair de situações complicadas e festejar o seu segundo troféu em Campos do Jordão.

“Peguei uma chave bastante difícil. Além disso, senti um pouco o cansaço”, afirmou a tenista que jogou as finais de simples de duplas em Campos do Jordão. “Mas estive muito concentrada durante toda a partida e me superei nos momentos mais difíceis”. Nanda, de 22 anos, é atualmente a 142.ª do ranking da WTA, e não deve mudar muito sua posição com o título da Credicard Mastercard Tennis Cup 2005, por estar defendendo os pontos do título conquistado ano passado.

Enquanto isso, Maria José Argeri, de 21 anos, ocupa a posição de 270ª e revela jogo suficiente para logo estar entre as cem primeiras. Possui golpes de invejável técnica, como a esquerda de apenas uma mão (raro do tênis feminino, onde se costuma usar as duas mãos para o back-hand), além de possuir um saque muito eficiente. A tenista argentina, treinada pelo brasileiro Mauro Menezes, jogou a final com o distintivo do São Paulo Futebol Clube.

“Esta foi uma homenagem que quis prestar ao São Paulo, especialmente ao médico Marco Aurélio Cunha, por ter me ajudado na minha recuperação do joelho. As pessoas do São Paulo me proporcionaram uma cirurgia de astroscopia sem qualquer custo e hoje mostrei estar totalmente recuperada.”

Com o término da disputa feminina da Credicard MasterCard Tennis Cup 2005, será a vez do início dos jogos da chave masculina, a partir desta segunda-feira, dia 25 de julho, no Tênis Clube de Campos do Jordão, com distribuição de prêmios no valor de US$ 75 mil, além de pontos para o ranking mundial. No total, a Credicard MasterCard Tennis Cup 2005, que se estende até o dia 30 de julho, distribui US$ 100 mil em prêmios.

A Credicard MasterCard Tennis Cup é uma realização da Try Sports Empreendimentos Esportivos, com patrocínio da Credicard e MasterCard, co-patrocínio de Gillette Mach 3 Turbo e Megabanho XL Corona e apoio da Orbitall, Redecard, Contax, Dunlop, Fila, EMC2, Terroir, Unidas Rent a Car, Jornal Valor Econômico, Daruma Orga, Prefeitura de Campos do Jordão, Secretaria de Esportes de Campos do Jordão, Alpha FM, Band News FM, TV Bandeirantes, BandSports, Revista Tennis View, Canal 21, ATP, WTA, ITF e CBT.

Maria Fernanda Alves na Credicard MasterCard Tennis Cup
2001 – alcançou as quartas-de-final;
2002 – foi vice-campeã – perdeu a final para Jolanda Mens (HOL), por 6/2 4/6 6/2
2003 – foi vice-campeã – Perdeu a final para Frederica Piedade (POR), por 6/3 2/6 6/4
2004 – campeã – Derrotou Katalin Marosi (HUN) na final, por 6/4 7/6 (2)
2005 – campeã – venceu Maria José Argeri (ARG) na final, por 6/3 7/5

A disputa masculina do challenger de US$ 100 mil começa nesta segunda-feira dia 25

Sá e Saretta são duas das principais atrações do torneio em Campos do Jordão

Com alguns dos melhores tenistas do Brasil em ação, como Flávio Saretta e André Sá, começa nesta segunda-feira o segundo maior torneio do País, a Credicard MasterCard Tennis Cup, no auge na temporada de inverno de Campos do Jordão. O torneio chega a sua quinta edição e distribui um total de US$ 100 mil em prêmios, além de contar pontos para o ranking da ATP.

O principal favorito ao título neste ano é Flávio Saretta, que vai fazer sua estréia, apenas na terça-feira, diante de Lucas Engel. Desde quinta-feira em Campos do Jordão, o tenista brasileiro já se adaptou bem às condições da quadra e a velocidade da bola. A altitude de 1,7 mil metros, com o ar rarefeito, é um desafio para os tenistas nesta competição.

“Não é fácil controlar a bola”, diz Saretta referindo-se ao fato de a falta de resistência do ar permitir que a bolinha flutue mais que o habitual. “Mas acho que já encontrei a melhor forma de jogar e sinto que estou bem, com boas chances.”

Para Flávio Saretta uma boa campanha em Campos do Jordão seria fundamental. Afinal, se levar o título da Credicard MasterCard Tennis Cup somaria 60 pontos para o ranking da ATP e voltaria a figurar entre os cem primeiros da lista de entradas.

Saretta vai também formar dupla com André Sá em Campos do Jordão, repetindo a parceria da equipe brasileira da Copa Davis, que jogou semana passada em Joinville. Sá também tem programada sua estréia para terça-feira e será diante de Aleksander Vlaski, da Sérvia e Montenegro.

Com alguns dos seus melhores jogadores em quadra, o Brasil tenta o segundo título da Credicard Mastercard Tennis Cup na sua quinta edição. Em 2001, o campeão foi o paraguaio Ramon Delgado, em 2002, o atual número 1 brasileiro, Ricardo Mello, foi o vencedor. Em 2003 o equatoriano Giovanni Lapentti levou o título e no ano passado o troféu ficou nas mãos do japonês Takao Suzuki.

A Credicard MasterCard Tennis Cup é uma realização da Try Sports Empreendimentos Esportivos, com patrocínio da Credicard e MasterCard, co-patrocínio de Gillette Mach 3 Turbo e Megabanho XL Corona e apoio da Orbitall, Redecard, Contax, Dunlop, Fila, EMC2, Terroir, Unidas Rent a Car, Jornal Valor Econômico, Daruma Orga, Prefeitura de Campos do Jordão, Secretaria de Esportes de Campos do Jordão, Alpha FM, Band News FM, TV Bandeirantes, BandSports, Revista Tennis View, Canal 21, ATP, WTA, ITF e CBT.