publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 23 de junho de 2017.

jul
14
2009

Belas Artes e Campos do Jordão lançam o Programa Campos 365 dias

por: - Atualizado: 14/07/2009 11:30
O programa Campos 365 dias tem como objetivo preparar a Cidade para os 365 dias do ano, com 365 dias de atividades culturais, 365 dias de visitantes e 365 dias de geração de oportunidades a moradores.

Montanhas em Vila CapivariCentro Universitário Belas Artes de São Paulo e Prefeitura Municipal de Campos do Jordão lançam projeto de requalificação urbana, social e turística que começa a ser implantado em julho

Durante os meses de julho e agosto mais de um milhão de visitantes são esperados na ‘SuíçaBrasileira’. Assim é conhecida a cidade de Campos do Jordão, um dos principais destinos de montanha do país.
Nesse período além dos visitantes, empresas dos mais diversos segmentos sobem a serra com suas logomarcas e staff importados, principalmente de São Paulo. É o turismo sazonal do Festival de Inverno que com frequência não beneficia a população local inserindo-a em trabalhos inerentes ao forte mercado de turismo local. Depois de agosto, um intervalo de 10 longos meses onde o potencial turístico, social, cultural, histórico, ambiental, arquitetônico e urbanístico da cidade é subutilizado.

 O programa Campos 365 dias tem como objetivo preparar a Cidade para os 365 dias do ano, com 365 dias de atividades culturais, 365 dias de visitantes e 365 dias de geração de oportunidades para seus moradores. “A dependência de profissionais vindos de outras cidades para suprir a necessidade de se oferecer serviços de qualidade durante a temporada de inverno faz com que a falta deles nos outros 10 meses reduza drasticamente o fluxo de turistas na cidade e com eles, a sua principal fonte de recursos”, detalha Malu Gomes Cardim.

 A arquiteta, formada pela Belas Artes e Assessora de Planejamento da Instituição, é a autora do projeto e partiu de uma vasta pesquisa sobre a realidade da cidade. A Instituição irá coordenar o Campos 365 dias em parceria com a Prefeitura de Campos do Jordão através da mobilização de associações locais e da iniciativa privada. “O projeto do qual estamos falando propõe não só intervenções modernizadoras no plano arquitetônico e urbanístico, respeitando a topografia natural da cidade e suas características de origem, mas a revisão de questões mais profundas como a capacitação profissional e consequente aproveitamento da mão-de-obra local de forma permanente”, acrescenta Malu.

 De acordo com a Prefeita Municipal, Dra. Ana Cristina Machado Cesar, o trabalho que será desenvolvido está de acordo  com as necessidades Campos do Jordão, que por ter a maior parte de seu território dentro de área de proteção ambiental, não possibilita um desenvolvimento industrial. “A cidade depende do turismo para sobreviver, assim, nosso objetivo é o de melhorar o turismo cada vez mais. Para isso temos de preservar a natureza e qualificar a mão de obra da sociedade jordanense. Só assim poderemos trazer cada vez mais turistas a nossa cidade, gerando mais receita a cidade, ao comércio e conseqüentemente a toda população” completou a Prefeita.
 Equipes multidiciplinares da Belas Artes já começaram a atuar na Cidade em reuniões de planejamento com secretários municipais e representantes de associações.

Durante o mês de julho alunos e professores do Curso de Arquitetura e Urbanismo passarão alguns dias em Campos do Jordão fazendo levantamentos para transformar o projeto original em um projeto técnico e assim viabilizar sua implantação. As primeiras áreas mapeadas da cidade  serão o Portal, a área carente de Abernéssia e o Centro de Capivari. 
 
Em agosto é a vez de Campos descer a Serra. Quatro turmas de moradores frequentarão cursos nas áreas de moda, malharia, design e estratégia de vendas no campus da Belas Artes em São Paulo.

Também nesse período a Instituição irá inaugurar o Espaço Belas Artes em Campos do Jordão para divulgação do projeto. Um hotsite exclusivo está sendo criado e servirá de guia e centro de informação sobre as ações em andamento assim como a programação cultural do ano todo.

Ele poderá ser acessado diretamente ou através de link do site da Prefeitura de Campos do Jordão e sites turísticos locais. Outros materiais de comunicação convidando moradores e turistas a aderirem ao Campos 365 dias também estão previstos, entre eles adesivos, cartazes, vídeos institucionais, rádio on line e calendários com programação e roteiros culturais. A AME Campos – Associação dos Amigos de Campos do Jordão é a patrocinadora da 1ª fase do projeto.