publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 28 de março de 2017.

abr
13
2010

Resgate da história de Campos do Jordão inaugura o Memorial Monsenhor José Vita

por: - Atualizado: 13/04/2010 16:08
Monsenhor José Vita terá um memorial em sua homenagem

Menorial Monsenhor José VitaEmpenhado em resgatar a memória dos personagens que fizeram parte da história de Campos do Jordão, o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico, Arquitetônico, Ambiental e Cultural (IPHAC) em parceria com o Instituto das Filhas de Nossa Senhora das Graças, abrirá para visitação o “Memorial Monsenhor José Vita”.

Nascido em 1895 na cidade de Sapucaí Mirim (MG), José Vita ingressou no seminário diocesano aos 9 anos, e ordenou-se padre aos 24 anos de idade, em 20 de abril de 1919 pelo Exmo. Núncio Apostólico D. Ângelo Scapardini.

Devido a sua peregrinação por várias cidades após sua ordenação, Pe Vita adquiriu a tuberculose, doença esta que o fez vir para Campos do Jordão buscar sua cura, uma vez que a cidade era o pólo brasileiro para o tratamento desta epidemia. Com a preocupação em ajudar pessoas necessitadas, o padre iniciou seus trabalhos com um grupo de homens enfermos, mas seu grande sonho era dar amparo às crianças.

Apesar das dificuldades, e com o apoio de voluntários, Pe Vita conseguiu criar a chamada “Casa da Sopa”, onde era distribuída comida gratuitamente e mais tarde fez  o hospital para crianças. Faleceu em 1972, aos 77 anos e desde então, devido a importância de seu trabalho com o povo, hoje existem espalhados pela região algumas creches e ruas que levam o seu nome, com o intuito de homenageá-lo. A frase mais conhecida e citada pelo Padre Vita era: “As crianças são as flores perfumadas no jardim de Deus”.

E é nesse clima de resgate da história, que o Instituto das Filhas de Nossa Senhora das Graças convida a todos para a inauguração do “Memorial Monsenhor José Vita”, que será realizado no dia 18/04, às 15h, iniciando com a celebração Eucarística na Igreja Matriz de Santa Terezinha.