publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 26 de maio de 2017.

jul
21
2006

Semifinal de torneio de tênis de Campos terá brasileira

por: - Atualizado: 21/07/2006 15:38
O tênis feminino brasileiro já garantiu pelo menos uma semifinalista no Credicard Mastercard Tennis Cup, em Campos do Jordão. Com as vitórias de Jennifer Widjaja sobre a chilena Maria Irigoyer (6/2 e 6/2) e de Roxane Vaisemberg diante da também brasileira Flávia Borges (6/0 e 6/2), as duas irão se encontrar na rodada de amanhã, pelas quartas-de-final do torneio.

O tênis feminino brasileiro já garantiu pelo menos uma semifinalista no Credicard Mastercard Tennis Cup, em Campos do Jordão. Com as vitórias de Jennifer Widjaja sobre a chilena Maria Irigoyer (6/2 e 6/2) e de Roxane Vaisemberg diante da também brasileira Flávia Borges (6/0 e 6/2), as duas irão se encontrar na rodada de amanhã, pelas quartas-de-final do torneio.

O Brasil ainda tem chance de colocar mais duas tenistas nas semifinais, com Letícia Sobral e Larissa Carvalho. Mas ambas terão adversárias difíceis. Letícia joga com a argentina Maria Vanina Sokol, enquanto Larissa pega a cabeça-de-chave número um do torneio, Maria José Argeri, também da Argentina.

Entre as jovens promessas do torneio, Roxane Vaisemberg é quem tirou melhor proveito. Com apenas 16 anos, ela chega pela primeira vez na carreira à quarta-de-final de um torneio da categoria Challenger, com premiação de US$ 25 mil. “Esta é a terceira vez que disputo uma competição deste nível e estou muito feliz por ter alcançado a quarta-de-final em Campos”, afirmou.

No tênis masculino, uma das maiores esperanças do Brasil, João Olavo, conhecido como “Feijão”, ganhou o segundo wild card (convite) dos organizadores do Credicard Mastercard Tennis Cup. O primeiro foi dado a Ricardo Mello.

Em Istambul, o número 1 do Brasil e 84º colocado do ranking mundial, Marcos Daniel, avançou à quarta-de-final do torneio com vitória sobre o sérvio Viktor Troicki, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3. Apesar da boa campanha, o brasileiro precisa chegar à final para não cair no ranking, pois escolheu para jogar nesta semana um torneio pequeno para sua atual condição. Seu próximo adversário será o ucraniano Sergey Stakhavsky.