publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 16 de dezembro de 2017.

nov
05
2010

Soprano Julia Kogan se apresenta na Igreja Matriz sábado

por: - Atualizado: 05/11/2010 19:46
Concerto internacional de música clássica terá entrada franca em Campos do Jordão

Julia KoganA cantora ucraniana erradicada nos Estados Unidos Julia Kogan vem ao Brasil para realizar duas únicas apresentações.

Uma delas será em Campos do Jordão, na Igreja Matriz Santa Terezinha em Vila Abernéssia, no sábado dia 13 de novembro às 20h.

Julia apresentará o espetáculo “A Random Walk Down Song Street”, com o pianista Christopher Glynn, e terá no repertório canções como Be still, my beating heart, Budding poets, By Cupid!, entre outras.

O concerto faz parte do Programa Jovens Talentos, que leva todo mês para as montanhas de Campos do Jordão uma nova atração cultural.

A outra apresentação da soprano no Brasil será no Theatro São Pedro, em São Paulo, no dia 11 de novembro a partir das 20h, juntamente com o pianista Alcibiade Minel apresentando o concerto que faz parte do XI Art Supply, promovido pelo Instituto Musical Beethoven, onde lançará o CD “Romance and Lieders” gravado em Paris com o pianista Chystopher Glynn.

Julia KoganNascida na Ucrânia, Julia Kogan cresceu nos Estados Unidos e vive atualmente na França. Em seu repertório estão músicas que se estendem do Barroco ao Contemporâneo, com óperas, oratório e novos trabalhos fundindo música e literatura, da qual é criadora e parceira.

Júlia já se apresentou na Áustria, França, Rússia, Espanha, Sevilha, Inglaterra, Washingtn e EUA em locais divesificados como Kremlin, St. Petesburg’s Glinka Hall, Paris City Hall, Alcazar Palace, Library of Congress, Alice Tully Hall e múltiplas apresentações no Carnegie Hall desde sua estréia em 2008.

O pianista Christopher Glynn, que toca com Júlia em Campos do Jordão, é reconhecido como um excelente pianista e acompanhador, e apresenta-se regularmente com diversas cantoras e instrumentistas em concertos e gravações pela Europa e diversos países como Sir Thomas Allen, Mathew Best, Claire Booth, Susan Bullock, Sine Bundgaard, Allan Clayton, Ronan Collett, Lucy Crowe, Michael George, Yvonne Kenny, Andrew Staples, Kate Royal, Jonas Kaufmann, Ian Partridge, Carolyn Sampson, Catherine Wyn Rogers, entre outros. E em 2010 tornou-se Diretor Artístico do Festival de Música de Ryedale.