publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 27 de julho de 2017.

set
01
2005

Temperatura cai 10ºC na região hoje

por: - Atualizado: 01/09/2005 17:32
Em Campos do Jordão, na região serrana, a máxima deve ser de 23ºC e a mínima de 10ºC.

O tempo vai mudar novamente no Vale do Paraíba. A temperatura deve cair em torno de 10ºC a partir de hoje até o próximo domingo, segundo o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), em Cachoeira Paulista.

Uma frente fria que chega da região Sul do país será a responsável pela mudança no tempo, que oscilará entre céu nublado, sol fraco e pancadas de chuva.

A boa notícia é que o calor verificado nas últimas semanas vai dar uma trégua. Na segunda-feira, por exemplo, os termômetros registraram picos de 34,5ºC em São José dos Campos e 35,7ºC em Guaratinguetá –temperaturas recordes deste inverno até agora, segundo o Cptec.

A previsão do Cptec, órgão ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), é que a temperatura máxima caia hoje para 30ºC em São José e chegue a 26ºC amanhã, permanecendo em 27ºC no final de semana. A temperatura mínima deve ficar em torno de 13ºC.

Em Campos do Jordão, na região serrana, a máxima deve ser de 23ºC e a mínima de 10ºC. No Litoral Norte, a previsão é de 27ºC de temperatura máxima e 17ªC de mínima.

“As pessoas terão uma sensação de queda na temperatura bastante agradável, o que diminuirá os efeitos do tempo seco e quente”, disse a meteorologista Monica Lima, do Cptec.

Segundo o Cptec, os níveis de umidade relativa do ar deverão permanecer estáveis, em torno de 40%, em toda a região até o próximo domingo.

No começo da semana que vem, no entanto, a onda de calor deve voltar. Por isso, o Cptec prevê atraso no início da estação das chuvas, que normalmente chega com o início da primavera (22 de setembro).

CICLONE – A frente fria é consequência da formação de um ciclone extratropical que traz chuva e vento à região Sul do país, especialmente no litoral dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina –onde as ondas poderão alcançar 4 metros de altura.

Hoje, conforme boletim meteorológico do Cptec, que monitora 24 horas a formação do ciclone, os ventos poderão ultrapassar 80 quilômetros por hora, chegando a 120 quilômetros a partir de amanhã.

“Os ciclones são comuns nesta época do ano, mas estamos em alerta total para qualquer aumento de intensidade que possa causar danos às cidades”, afirmou Monica.

A queda da temperatura na região Sudeste provocará aumento na umidade relativa do ar em todo o Vale do Paraíba. Nas últimas semanas, o índice de umidade oscilou entre 30% e 20%, colocando a região em estado de atenção.