publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 18 de janeiro de 2019.

dez
26
2018

Última semana de 2018 será musical no Auditório Claudio Santoro

por: - Atualizado: 26/12/2018 15:54
Para fechar a agenda de 2018, o Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro trazem uma programação musical com apresentação das Meninas Cantoras de Campos do Jordão e da Big Band Toriba. No sábado, 29/12, acontece o Concerto das Meninas … Continua

Para fechar a agenda de 2018, o Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro trazem uma programação musical com apresentação das Meninas Cantoras de Campos do Jordão e da Big Band Toriba.

No sábado, 29/12, acontece o Concerto das Meninas Cantoras de Campos do Jordão, a partir das 19h. O grupo formado por 17 meninas, com idades de 10 a 17 anos, trazem o repertório do cd lançado neste ano, sob regência da maestrina Mere Oliveira e o seguido pelo pianista Fábio Fagundes. O repertório amplo que vai desde o Hino Nacional Brasileiro a cânones tradicionais, passando por canções do folclore africano e obras de repertório clássico, como Chiquinha Gonzaga. Além disso, também gravaram um vídeo clipe intitulado “Bem-te-vi”, juntamente com o pianista Fábio Caramuru. Venha conhecer esse trabalho primoroso e valorizar nossas jovens artistas. A apresentação tem entrada franca.

Ainda no sábado e também no domingo acontece a Família no Museu que haverá o Plantio de Mudas Nativas, o qual os visitantes são convidados para regar e cultivar novas plantas nativas de região e integra e o plantio de compensação de CO2, realizado desde 2013 pela instituição. A ação acontece no sábado às 14h e no domingo às 10h 30 e às 15h.

No domingo, também acontece às 14h, o Ensaio Aberto do Big Band Toriba, que contará com quatro trombones e seis saxofones, além de piano, guitarra, contrabaixo e bateria, que remete as big bands americanas das décadas  1930-40, que trará no repertório dezenas de clássicos da “era do swing”, a maior parte deles em arranjos originais: temas do repertório de Glenn Miller, canções popularizadas por Nat King Cole e standards do jazz; além dos sucessos brasileiros, como o frevo “Vassourinhas”, o choro “Tico-tico no Fubá” e, ainda, canções da bossa nova, como “Chega de Saudade” e “Garota de Ipanema”

Quem passar pelo museu também não pode deixar de conferir a Exposição Acessível Cultura Popular e Diversidade Corporal no Folclore, que visa sensibilizar e celebrar a cultura popular e o direito à diferença corporal e à diversidade humana, apresentando personagens típicos do folclore brasileiro que possuem algum tipo de deficiência física e histórias que aguçam a nossa sensorialidade. Recursos de acessibilidade buscam contemplar as diferenças e atender a todos os públicos com qualidade e autonomia. Venha compartilhar, se envolver e explorar a cultura do nosso país. A ação acontece em parceria com a Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A Mostra ficará até dia 31 de dezembro.

Mas a programação também conta com atividades já consagradas pelo Museu Felícia Leirner, como o Roteiro Cultural – Campos do Jordão, em parceria com a Casa da Xilogravura, que consiste em jogos, enigmas e brincadeiras que interligam as instituições e incentivam o público a conhecer esses dois importantes espaços culturais do município.

O equipamento cultural contará todos os dias deste mês d com a Visita Educativa, na qual educadores acompanharão os visitantes falando mais do Museu, o Auditório e seus homenageados de uma maneira lúdica em textos de cordéis e as majestosas araucárias que circundam o local. Que também resulta numa divertida atividade, a Ligue os Pontos: Meu Museu, Minhas Conexões, que através dos mapas, o visitante ao final do passeio, irá demarcar num painel quais as obras lhe agradaram.

Outra ação que acontece no Museu Felícia Leirner e Auditório Cláudio Santoro que acontece neste mês #SONHAROMUNDO – comente a declaração que visa em duas postagens semanais com trechos selecionados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, acompanhados de uma pergunta-chave que estimule a interação do público virtual, convidando-o a manifestar as suas opiniões sobre o tema. O objetivo é divulgar o documento e propor uma reflexão crítica em ambiente virtual. Todos os dias das 9h às 13h. Informações pelo perfil  do Museu no facebook (www.facebook.com/museufelicialeirner)

Serviço:

Museu Felícia Leirner/ Auditório Cláudio Santoro – Rua Luis Arrobas Martins, 1880 – Alto da Boa Vista.

Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Informações: (12) 3662-6000.

Os visitantes poderão contribuir com a doação de livros que serão destinados a apoiar ações da Secretaria Municipal de Cultura. Os livros devem estar em bom estado de conservação