publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 23 de junho de 2017.

jun
30
2007

Veja os Destaques da Programação do Festival de Inverno

por: - Atualizado: 30/06/2007 13:30
Em homenagem à Mulher, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, é mais uma vez dirigido pelo premiado Maestro Roberto Minczuk, regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Filarmônica de Calgary, no Canadá.

Cartaz Festival de Inverno 2007Em homenagem à Mulher, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, é mais uma vez dirigido pelo premiado Maestro Roberto Minczuk, regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Filarmônica de Calgary, no Canadá.

O experiente Maestro, já regeu as orquestras filarmônicas como a de Nova York, Los Angeles e Israel, orquestras da Filadélfia e Minnesota; sinfônicas de St. Louis, Atlanta, Baltimore, Detroit, Houston, Toronto e Ottawa, dentre outras. Na Europa, regeu as filarmônicas de Londres, Oslo, Hallé, Orquestra Nacional de Lyon e Royal National Scottish.

Recentemente, regeu com grande sucesso de público e crítica vários concertos da Filarmônica de Londres em turnê pelos Estados Unidos e as últimas produções de Os Sete Pecados Capitais e O Vôo de Lindbergh da Ópera de Lyon, na França, e no Festival Internacional de Edinburgh. Nesta temporada, estreou à frente da Orquestra Nacional da França e Filarmônica de Rotterdam; na próxima temporada, estreará frente às orquestras de Cleveland e Sinfônica de San Francisco.

Em 2001, recebeu o Prêmio Martin Segall, em 2004, ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum Clássico com o CD, Jobim Sinfônico, um projeto concebido por Mário Adnet e Paulo Jobim. Recebeu o Emmy pelo programa New York City Ballet – Lincoln Center Celebrates Balanchine 100 (live from Lincoln Center). A Orquestra Acadêmica do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão foi vencedora do Prêmio Carlos Gomes e o CD gravado durante o Festival de 2005 recebeu o Prêmio TIM 2006 de Melhor Disco Erudito. Em dezembro, Roberto Minczuk recebeu mais um prêmio concedido pela APCA, na categoria Melhor Regente do Ano pela segunda vez.

Em 2007 foi objeto do mini-documentário Introitus – produzido pela Amythos Films e veiculado no canal Bravo! no Canadá – que retrata os minutos que antecedem a entrada no palco para reger a Filarmônica de Calgary.

Com a Filarmônica de Londres, gravou pela Naxos obras de Ravel, Piazzolla, Martin e Tomasi, e, com a Sinfônica do Estado de São Paulo, pelo selo BIS, a integral das Bachianas brasileiras e outro CD dedicado a danças brasileiras.

Ainda homenageando a mulher, a capa do programa do Festival (imagem ao lado) é uma reprodução de uma gravura, de 1999, sem título, da artista plástica Tomie Ohtake.

Confira os destaques da Programação do Festival 2007 – 7 a 29 de julho

Sábado, 07 de Julho
21h. Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, regida por John Neschling, solista Vadim Gluzman, violino, Coro da Osesp, regido por Naomi Munakata – obras de Samuel Barber, Robert Schumann e Liduino Pitombeira (Auditório Cláudio Santoro);

Sábado, 07 de Julho
24h. Medea Solo, pocket-opera de Jocy de Oliveira, com a soprano Gabriela Geluda (Espaço Cultural Dr. Além);

Domingo, 08 de Julho
17h. Orquestra Jovem do Estado, regência de João Maurício Galindo, homenagem a Chiquinha Gonzaga (Praça do Capivari);

Quinta, dia 12
17h. Ensemble Jocy de Oliveira e conjunto (Praça do Capivari);
Quinta, dia 12
21h. London Brass, obras de Scarlatti, Bach e Albeniz, entre outros (Auditório Cláudio Santoro);
Sexta, dia 13
21h. Antônio Meneses, violoncelo e Gerard Wyss, piano – obras de Mendelssohn, Brahms, Boulanger e Grieg (Auditório Claudio Santoro);

Sábado, dia 14
12h30. Banda Sinfônica, regência de Abel Rocha, com a participação especial do London Brass – obras de Villa-Lobos, Mehmari e Bernstein, entre outros (Praça do Capivari);

Sábado, dia 14
16h30. Sharon Isbin, violão – obras de Leo Brouwer, Albeniz e Granados, entre outros (Capela do Palácio Boa Vista)

Sábado, dia 14
17h. Mônica Salmaso, Camerata Feminina de Violões e Coro do Projeto Guri – canções de João Pernambuco, Tom Jobim, Chico Buarque e Tom Zé (Praça do Capivari)

Sábado, dia 14
21h. Orquestra Sinfônica Brasileira, regida por Roberto Minczuk, com Dame Kiri Te Kanawa, soprano – seleção de Árias de óperas e canções – Suíte da ópera O Cavaleiro da Rosa, op. 59, de Richard Strauss (Auditório Claudio Santoro);

Domingo, dia 15
12h30. Orquestra Sinfônica Brasileira, regida por Roberto Minczuk – Quadros de Uma Exposição, de Mussorgsky-Ravel (Praça do Capivari);

Segunda, dia 16
21h. Antônio Meneses, violoncelo, Músicos internacionais e Orquestra de Cordas do Festival interpretam Música de Câmara – obras de Brahms e Dvorák (Auditório Cláudio Santoro)

Quarta, dia 18
21h. Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, regida por Karl Martin, solista Sônia Rubinsky, piano – obras de Fanny Mendelssohn Hensel, Clara Schumann e Amy Beach (Auditório Claudio Santoro);

Quinta, dia 19
21h. Orquestra Sinfônica Nacional do Teatro Cláudio Santoro, regência de Ira Levin, solista Alison Balsom, trompete – obras de Haydn, Hummell, Camargo Guarnieri e Nielsen (Auditório Claudio Santoro);

Sexta, dia 20
21h e domingo, dia 22, 12h30.Rita, ópera cômica em um ato de Gaetano Donizetti, libreto de Gustavo Vaez. Orquestra Acadêmica, regência de Debora Waldman, direção cênica de Carla Camuratti. Com Rosana Lamosa, Fernando Portari e Paulo Szot (Auditório Claudio Santoro e Praça do Capivari, respectivamente);

Sábado, dia 21
12h30. Miúcha e Jazz Sinfônica; Cyro Pereira e João Mauricio Galindo, regentes – músicas de Cyro Pereira, Chico Buarque, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Baden Powell e Braguinha, entre outros (Praça do Capivari)

Sábado, dia 21
16h30 – Alison Balsom, trompete, e Richard Bishop, piano – obras de Chopin, Debussy, De Falla e Gershwin, entre outros (Capela do Palácio Boa Vista);

Sábado, dia 21
17h. Orquestra Acadêmica, Classe de Regência – obras de Copland, Beethoven, Dvorák e primeira audição mundial de Sun D’Oro Suíte, de Silvia de Lucca (Praça do Capivari)

Sábado, dia 21
21h. Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, regência de José Maria Florêncio, solista: Jean-Louis Steuerman, piano – obras de Rachmaninov e Berlioz, entre outros (Auditório Cláudio Santoro)

Domingo, dia 22
17h. Francis Hime e Orquestra Jovem Tom Jobim, regência de Roberto Sion – músicas de Tom Jobim, Francis Hime, Chico Buarque e Vinícius de Moraes, entre outros (Praça do Capivari);
Quarta, dia 25
21h. Cristina Ortiz, piano – Homenagem a Guiomar Novaes – obras de Schubert, Debussy, Brahms e Chopin (Auditório Claudio Santoro)

Quinta, dia 26
21h. Trio Eroica – obras de Rebecca Clarke, Piazzolla, Villa-Lobos e Schumann (Auditório Claudio Santoro)

Sexta, dia 27
21h. Orquestra Acadêmica regida por Roberto Minczuk, solista Gabriela Geluda, soprano – obras de Richard Strauss, Jocy de Oliveira, Rimsky-Korsakov (Auditório Cláudio Santoro)

Sábado, dia 28
17h. Orquestra Acadêmica, Classe de Regência – obras de Richard Strauss e Rimsky-Korsakov (Praça do Capivari)

Sábado, dia 28
17h. Orquestra Sinfônica de Santo André, regência de Flávio Florence, solista: Rosana Lamosa, soprano – Homenagem a Bidu Sayão – obras de Carlos Gomes, Donizzetti, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Gounod, Bizet e Puccini, entre outros (Praça do Capivari)

Sábado, dia 28
21h. Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, regida por John Neschling, solista Anna Korondi, soprano, Coro da Osesp – A Floresta do Amazonas, de Villa-Lobos (Auditório Cláudio Santoro)

Domingo, dia 29
17h. Orquestra Acadêmica regida por Roberto Minczuk – obras de Richard Strauss, Jocy de Oliveira e Rimsky-Korsakov (Sala São Paulo)