publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 18 de novembro de 2019.

dez
18
2018

Verão no Dona Chica fica mais refrescante com coquetéis com sabores das montanhas

por: - Atualizado: 18/12/2018 14:59

O verão é a estação do calor, dias ensolarados e quem pedem uma hidratação para curtir o melhor de cada momento. Pensando nisso o Restaurante Dona Chica, localizado dentro do Horto Florestal, oferece uma saborosa carta de coquetéis com ingredientes típicos da Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba

Disponível aos visitantes desde o dia 01 de dezembro até o mês de março, quando encerra a estação, sabores como capim santo, pimenta rosa, favo de mel, frutas vermelhas, vinho de catuaba, cerveja e hidromel são alguns elementos marcantes dos drinks, que poderão ser saboreados no bar instalado no jardim do local em meio a floresta de araucárias. Conheça todas as opções abaixo.

A carta traz sete saborosas opções elaborada pelo chef Anderson Oliveira, que coordena a cozinha do restaurante e, desenvolvida por Fernando Oliveira, consultor e professor do Centro Universitário SENAC Campos do Jordão especialista em bebidas e coquetelaria.

O Restaurante visa promover as reconexões, num momento onde a internet se desliga, mas as conexões com a natureza, entre as pessoas, consigo (principalmente num momento relax nas redes, pallets, sofás, redes e almofadas cuidadosamente espalhadas sobre a grama; uma forma graciosa de promover o ócio), com a infância com playground ideal para as crianças com amarelinhas, perna de pau, gangorra, livros de histórias ótimo para a contação de histórias.

O menu do Dona Chica é recheado por insumos locais como a truta, pinhão, peixinho-de-horta, leitão javaporco, frutas vermelhas, cogumelos e arroz negro. Trazendo no cardápio 18 tipos de porções e comidinhas como bolinho de pinhão e as PANCs (plantas alimentícias não convencionais): peixinho-de-horta com chutney de cebola e mogango ao molho de mostarda (R$22,50); 13 opções de pratos principais.

Para o chef Anderson, formado em hotelaria pelo SENAC e fez gestão de negócios de serviços alimentícios e gestão empresarial na FGV, a ideia de ter um restaurante dentro de uma reserva ambiental é uma forma de educação, ativação da agricultura familiar e encadeamento produtivo. A criação do cardápio sempre leva em consideração os produtos regionais para fortalecer a economia local. Existe ainda uma grande preocupação com o conceito de sustentabilidade na gastronomia.

Serviço:

End: Avenida Pedro Paulo – S/N – dentro do Parque Estadual Campos do Jordão (Horto Florestal)

Aberto: de quinta a terça das 11h às 17h

Informações: (12) 3663.3953 – www.restaurantedonachica.com.br

João do Capote – juá de capote, calda de capim santo, gelo e hidromel

Jacu-Buti – Geleia de jabuticaba, gelo, sauvignon blanc e um toque de pimenta rosa e poejo fresco

Já-taí – favo de mel, limão cravo, semente de coentro, gelo e cerveja artesanal de trigo

Garapa da Montanha – melado de cana, suco de abacaxi, suco de limão, licor de banana e gelo

Energético da Floresta – groselha, xarope de guaraná, vinho de catuaba e raspas de cipó cravo

O Jeca in Jarra – fatias de laranja, frutas vermelhas, hortelã do quintal, mel, gelo e espumante nacional. Feito em jarra de 1 litro, serve de 04 à 05 pessoas

Japa na Serra – abacaxi macerado com açúcar de umburana, gelo, saquê, raspas de rapadura e folhas do limoeiro para decorar.