publico-adwords publico-face

Campos do Jordão, 29 de março de 2017.

fev
17
2017

Centro de Memória Ferroviária

por: - Atualizado: 17/02/2017 14:02
Aberta em dezembro de 2016, a segunda unidade do Centro de Memória Ferroviária da Estrada de Ferro Campos do Jordão – EFCJ está aberta à visitação no Parque do Capivari.

Aberta em dezembro de 2016, a segunda unidade do Centro de Memória Ferroviária da Estrada de Ferro Campos do Jordão – EFCJ está aberta à visitação no Parque do Capivari.

Já na entrada, uma raridade, a automotriz tipo jardineira, que começou a operar em 1914 quando a viagem entre Pindamonhangaba e Campos do Jordão durava 12 horas, em média. Eram tempos de implantação da EFCJ, por Emílio Ribas, médico sanitarista precurssor da ferrovia, que reconheceu em Campos um clima especial para o tratamento da tuberculose.

Esta preciosidade é uma das principais integrantes da frota original da EFCJ: a automotriz à gasolina. O raro equipa-
mento, construído em 1917, inicialmente com partes mecânicas do automóvel Berliet de origem francesa, recebeu em 1922 o motor atual, Mercedes.

Ao longo dos anos a automotriz atendeu os trens de subúrbios até 1956, passando depois a ser utilizada em serviços de manutenção e vistoria da EFCJ. Permaneceu em uso até o final da década de 1960. Com a inauguração do teleférico, em 1970, ficou em exposição no Morro do Elefante, até que em 1994 foi retirada do local e reformada pela Mercedes Benz, voltando a funcionar em um circuito turístico no Horto de Campos do Jordão.

A valiosa peça histórica esteve recolhida na oficina de manutenção da Estrada de Ferro, em Pindamonhangaba, antes de seguir para Campos,onde fica exposta aos turistas e moradores da cidade.

O Centro de Memória de Campos do Jordão tem uma série de itens históricos em seu acervo, como mobiliário de escritório (1920), telefones de parede (1928), máquinas de escrever e calcular (1920), antigas ferramentas de manutenção, relógios de ponto (1950) e controller da gôndola G-3. Chama a atenção uma maquete com o circuito ferroviário construída por funcionários na década de 40 e uma vitrine com documentação dedicada a Emílio Ribas.

A disponibilização desses materiais faz parte de um conjunto de ações da EFCJ que visa zelar pelo patrimônio histórico, bem como reconhecer o esforço de todos que integraram a empresa nesses 102 anos de operação. “A segunda unidade do Centro de Memória irá fortalecer o turismo da EFCJ e de Campos do Jordão, divulgando o nome da cidade em outras partes do Brasil e do mundo, assim como a unidade de Pindamonhangaba, inaugurada em 2014 durante as comemorações

Informações

Local: Parque do CApivari

Endereço: Av. Emílio Lang Júnior – Capivari, Campos do Jordão – SP, 12460-000

Horário de funcionamento: às sextas-feiras e sábados, das 9h00 às 11h30 e das 13h00 às 16h30

Entrada: Gratuita

Telefone: (12) 3663-1531